quarta-feira, 11 de março de 2009

Índice usado no bônus da Educação sai até dia 24


Bruno Saia
Clipping Educacional - do Agora

O Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo), que define o valor do bônus da Educação, será anunciado até o dia 24. Com isso, de acordo com a Secretaria de Estado da Educação, o governo de São Paulo poderá depositar essa grana até o final deste mês.
O bônus por desempenho para os servidores da secretaria será pago pela primeira vez neste ano.
A secretaria tem, atualmente, em torno de 300 mil funcionários, já contando os cerca de 100 mil professores temporários, que também deverão receber o benefício.
As regras para os temporários serão as mesmas que serão aplicadas aos outros servidores da rede estadual.
No pagamento do adicional, estão incluídos servidores da secretaria, professores, diretores, supervisores e agentes de organização, entre outros.
De acordo com a pasta, a grana só vai ser depositada para os servidores após o anúncio do resultado do Idesp, que estava previsto para o dia 27 de fevereiro.
O Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) aprova o pagamento do bônus para todos os servidores da Educação, mas critica a falta do pagamento para os aposentados e pensionistas.
Para receber o bônus integral, a escola em que o servidor trabalha deve ter cumprido todas as metas estipuladas pela secretaria. Se 100% delas forem alcançadas, os servidores da escola terão direito ao bônus integral, de 20% da soma dos 12 salários recebidos no ano passado, ou seja, equivalente a 2,4 salários.Cada escola possui uma meta. Para saber qual é a meta de sua escola, o servidor deverá procurar a diretoria de sua instituição de ensino.
Os professores também serão avaliados pelo número de faltas que tiveram no ano passado. Se 50% da carga horária deles for cumprida, eles receberão metade do bônus.
Reclamação
Os professores reclamam do atraso no pagamento. "Nos anos anteriores, o outro bônus que era pago para os servidores da Educação entrava sempre em fevereiro", disse uma professora, que preferiu não se identificar.
A secretaria, porém, informou que não foram registradas reclamações.
Retirado do blog Coordenadores Pedagógicos Blogados na Rede:

Um comentário:

Carla disse...

oi linda!!!! adoro seu espaço ... sei que nossa profissão nos esgotta muito o pouco tempo que temos .......quero que me desculpe pelo desabafo .... mas fiquei muito preocupada , achei que o pessoal nao estava conseguindo postar!!!rsrsrsrsrsr por isso fiz esse pequeno comentario!!!!

bjosssssssssssss

clara libe