terça-feira, 25 de agosto de 2009

A FÁBULA DA ÁGUIA E DA GALINHA



Esta é uma história que vem de um pequeno país da África Ocidental, Gana, narrada por um educador popular, James Aggrey, nos inícios deste século, quando se davam os embates pela descolonização.

"Era uma vez um camponês que foi à floresta vizinha apanhar um pássaro, a fim de mantê-lo cativo em casa. Conseguiu pegar um filhote de águia. Colocou-o no galinheiro junto às galinhas. Cresceu como uma galinha.
Depois de cinco anos, esse homem recebeu em sua casa a visita de um naturalista. Enquanto passeavam pelo jardim, disse o naturalista:
- Esse pássaro aí não é uma galinha. É uma águia.
- De fato, disse o homem- É uma águia. Mas eu a criei como galinha. Ela não é mais águia. É uma galinha como as outras.
- Não, retrucou o naturalista - Ela é e será sempre uma águia. Este coração a fará um dia voar às alturas.
- Não, insistiu o camponês. Ela virou galinha e jamais voará como águia.
Então decidiram fazer uma prova. O naturalista tomou a águia, ergueu-a bem alto e, desafiando-a, disse:
- Já que você de fato é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, então abra suas asas e voe!
A águia ficou sentada sobre o braço estendido do naturalista. Olhava distraidamente ao redor. Viu as galinhas lá embaixo, ciscando grãos. E pulou para junto delas.
O camponês comentou:
- Eu lhe disse, ela virou uma simples galinha!
- Não, tornou a insistir o naturalista. - Ela é uma águia. E uma águia sempre será uma águia. Vamos experimentar novamente amanhã.
No dia seguinte, o naturalista subiu com a águia no teto da casa. Sussurrou-lhe:
- Águia, já que você é uma águia, abra suas asas e voe!
Mas, quando a águia viu lá embaixo as galinhas ciscando o chão, pulou e foi parar junto delas.
O camponês sorriu e voltou a carga:
- Eu havia lhe dito, ela virou galinha!
- Não, respondeu firmemente o naturalista - Ela é águia e possui sempre um coração de águia. Vamos experimentar ainda uma última vez. Amanhã a farei voar.
No dia seguinte, o naturalista e o camponês levantaram bem cedo. Pegaram a águia, levaram-na para o alto de uma montanha. O sol estava nascendo e dourava os picos das montanhas.
O naturalista ergueu a águia para o alto e ordenou-lhe:
- Águia, já que você é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, abra suas asas e voe!A águia olhou ao redor. Tremia, como se experimentasse nova vida. Mas não voou. Então, o naturalista segurou-a firmemente, bem na direção do sol, de sorte que seus olhos pudessem se encher de claridade e ganhar as dimensões do vasto horizonte. Foi quando ela abriu suas potentes asas.
Ergueu-se, soberana, sobre si mesma. E começou a voar, a voar para o alto e voar cada vez mais para o alto.Voou. E nunca mais retornou."


"Existem pessoas que nos fazem pensar como galinhas.
E ainda até pensamos que somos efetivamente galinhas.
Porém é preciso ser águia.
Abrir as asas e voar.
Voar como as águias.
E jamais se contentar com os grãos que jogam aos pés para ciscar.”
Leonardo Boff

3 comentários:

Vivian Sbrussi disse...

)'(  BOA NOITE!
(__) 
>\< VIM TE VISITAR =D

"SE EXISTE UMA ARTE DO BEM FALAR , EXISTE UMA ARTE DO BEM OUVIR".

Ninguém é tão forte que nunca tenha chorado;
Ninguém é tão fraco que nunca tenha vencido;
Ninguém é tão insuficiente para nunca ser ajudado;
Ninguém é tão inválido que nunca tenha contribuído;
Ninguém é tão sábio que nunca tenha errado;
Ninguém é tão corajoso que nunca teve medo;
Ninguém é tão medroso que nunca teve coragem;
Ninguém é tão alguém que nunca precisou de alguém.

"O AMOR VERDADEIRO COMEÇA QUANDO NENHUMA RETRIBUIÇÃO
SE ESPERA".

          ♥  ♥
            ♥
         ♥ ♥ ♥
           ♥ ♥
          ♥ ♥
       ♥ ♥
          ♥ ♥
        ♥
    ♥ ♥  ♥
    ♥ ♥
     ♥ ♥
     ♥ ♥  ♥
   ♥ ♥ღViViAn\\(^_^)// Sbrussi
       ♥
    ♥ ♥  ♥
    ♥ ♥
      ♥ PARABÉNS PELO BLOG!
    ♥
      ♥ BJOOOOO

Vânia Morais :D disse...

muito legal minha linda
bjss mil no corçaão

Professor Xavier disse...

Eu já conhecia essa história. Muito bela e muito sábia.
Bjs